zulupa.com.br
sábado, 25 de outubro de 2014

Notícias / Educação

 

18/11/2013 19h03 - Atualizado em 18/11/2013 19h06

Tecnologia da Informação: Profissionais de Redes de Computadores têm campo promissor

Demanda por profissionais da área, no Brasil, excederá a oferta, chegando a uma lacuna de 117 mil trabalhadores especializados em redes e conectividade em 2015.

 

A chegada da Copa do Mundo e outros megaeventos ao Brasil amplia a necessidade de profissionais com qualificação em Tecnologia da Informação (TI). Além dos crescentes investimentos em construção civil, hotelaria e transportes, empresas públicas e privadas estão atentas ao cenário e investem pesado em TI para atender esta grande demanda criada com a chegada de milhões de turistas. Uma situação preocupante é a falta de mão de obra qualificada para atender às necessidade do mercado. Estudos apontam que, no Brasil, haverá 32% mais vagas disponíveis do que profissionais capacitados para preenchê-las em 2015, deixando cerca de 117 mil empregos para trabalhadores especializados em redes e conectividade sem profissionais para ocupá-los.

Para esta importante área, a Sociedade Educacional Três de Maio (SETREM) oferece o curso de Tecnologia em Redes de Computadores, com 40 vagas em regime noturno e duração de três anos, sob a coordenação de Vera Lúcia Lorenset Benedetti . " Apesar de ser um curso bastante técnico, com trabalho ligado a hardware e redes, enxergamos a necessidade do mercado de trabalho de profissionais mais desenvolvidos no lado humano. Na grade atual, focamos para que a pessoa continue sabendo fazer projetos físicos e lógicos de redes de computadores, gerenciamento das redes e gestão da Tecnologia da Informação, mas também desenvolva o lado interpessoal", explica Vera.

 

Redes em todo lugar

O campo de atuação do profissional em redes de computadores é amplo, abrangendo instituições ligadas à educação, órgãos públicos, empresas privadas ou mesmo prédios residenciais e comerciais. Há também a questão do controle de acessos para usuários e para a internet, tanto em empresas como em instituições educacionais. Os softwares de gerenciamento de acessos e controle fazem parte das atribuições dos profissionais desta área.      "É um profissional que está em todos os lugares, afinal, onde não há redes? Na região temos a grande necessidade desse profissional para a área de redes via rádio e wi-fi. São várias empresas de Três de Maio, Boa Vista do Buricá, Horizontina, Santa Rosa e de outras cidades que contam com estudantes e egressos deste curso da SETREM. Vários passaram em concursos públicos em prefeituras ou em unidades do Instituto Federal, além dos que deram continuidade aos estudos, ingressando em mestrados e doutorados. Dois egressos voltaram à SETREM e hoje são nossos professores", exemplifica a coordenadora.

                 

"Eu recomendo!"          

"Em um mundo globalizado, com troca de informações a todo instante em tempo real, nos comunicamos com pessoas em qualquer parte do mundo. O papel do profissional de redes de computadores é compreender essas tecnologias e propor soluções para problemas que eventualmente possamos encontrar. As tecnologias vão desde o móbile e os tablets até o Cloud Computing (computação nas nuvens), em que as máquinas saem de nossas mesas e estão em data centers (banco de dados) que nem sabemos onde estão". Vinicius da Silveira Serafim - Professor da SETREM e Consultor e Sócio da BownPipe Consultoria - Porto Alegre - RS.

"O curso me proporcionou uma visão ampla da área de tecnologia e de pesquisa. Toda base que tive na SETREM foi importante e um incentivo à pesquisa, que me levou a entrar no mestrado e no doutorado". Dalvan Griebler - Egresso do curso de Redes de Computadores da SETREM e Doutorando em Ciência da Computação na PUC - RS.

"O profissional de redes está em alta. A necessidade de implantação de sistemas de computação é constante e logo todas as instituições estarão interligadas, de uma pequena padaria a uma grande empresa. Assim, o profissional de redes estará apto a trabalhar em bancos, empresas de tecnologia, empresas de telecomunicações e na indústria e comércio, tanto no cenário regional quanto no estadual e nacional". Denis Benatti - Professor da SETREM e Sócio Presidente da INetD Horizontina - RS.

 

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação

Ivana Tisott Ritt

Jornalista e assessora de comunicação SETREM

 

Comente esta notícia

Mensagem  
Nome  
E-mail*  
   
  * não será publicado.

 

Soluty Zulupa.com.br © 2010. Todos os direitos reservados.
contato@zulupa.com.br - (55) 9700 5946 / 9613 5633